BIOÉTICA E BIODIREITO: UM ESPAÇO PARA A TECNOLOGIA NA ÁREA DA SAÚDE

A sociedade atual vem sofrendo uma série de mudanças comportamentais decorrentes da introdução de novas tecnologias nas mais diversas áreas do conhecimento.  O homem de hoje se posiciona de uma maneira bem mais independente, buscando sua liberdade, o que na grande maioria das vezes acaba por ultrapassar os limites éticos determinados.

Ademais, resta lembrar que as situações criadas pelas novas tecnologias obrigam o direito a se manifestar para que a sensação de insegurança não se instale.  Mais do que criar normas reguladoras da vida privada atual, deve-se ter em mente a necessidade de aprofundar os estudos e viabilizar uma legislação útil aos anseios de uma sociedade em constante desenvolvimento e transformação.

Os avanços na área da ciência e tecnologia trazem à nossa realidade uma profunda necessidade de buscarmos novos paradigmas, sejam  eles políticos, ambientais, sociais, jurídicos e éticos, a fim de que estes sejam capazes de decifrar as novas demandas sociais e o verdadeiro papel da ciência. Assim, a disciplina de Bioética e Biodireito tem como objetivo exercitar e desenvolver as condições de elaboração de novos precedentes que visam valorizar os benefícios decorrentes dos avanços biotecnológicos e da medicina em sintonia com os preceitos éticos e jurídicos.

A assessoria do escritório Medeiros e Cavallier contempla assuntos como desdobramentos da bioética e do biodireito, relações médico-paciente, reprodução humana assistida, material genético, proteção de dados pessoais e dados sensíveis, organismos geneticamente modificados, pesquisa em seres humanos, dignidade no fim da vida, diretivas antecipadas da vontade, atuação em comitês de ética, e outras questões relevantes no mundo tecnológico da medicina.

A maior judicialização da área da saúde se associa, assim, a uma maior intervenção tecnológica na sociedade dos dias atuais, desde o nascer até o morrer, sendo que a partir de dados coletados em pesquisas realizadas, há cada vez mais dificuldades que emergem nas relações entre médicos, clínicas, hospitais e pacientes, resultando assim nos serviços extrajudiciais e judicias que podem ser viabilizados a partir da atuação de uma advocacia especializada.

Related Posts

Deixe um comentário